www.104fmlc.com.br
Policia

Assassino de mãe e filha em Ponta Porã foi preso no Paraguai.

Antônio Soares estava escondido no país vizinho, após ter cometido o crime contra as mulheres.

Publicada em 01/02/22 às 08:46h - 173 visualizações

por Dora Nunes (Ponta Porã Informa)


Compartilhe
Compartilhar a notícia Assassino de mãe e filha em Ponta Porã foi preso no Paraguai.  Compartilhar a notícia Assassino de mãe e filha em Ponta Porã foi preso no Paraguai.  Compartilhar a notícia Assassino de mãe e filha em Ponta Porã foi preso no Paraguai.

Link da Notícia:

Assassino de mãe e filha em Ponta Porã foi preso no Paraguai.
Antônio César Cavalheiro Soares foi preso na localidade de Chiriguelo, em um intercâmbio entre as polícias do Brasil e do Paraguai.  (Foto: Reprodução)

Antônio Cezar Cavalheiro Soares, autor do duplo assassinato que chocou a fronteira no dia 4 de maio de 2021, foi preso na noite desse sábado, dia 29, no Paraguai.

De acordo com informações repassadas ao Pontaporainforma pelo Secretário Municipal de Segurança Pública, Marcelino Nunes de Oliveira, em um trabalho de inteligência entre policiais Brasileiros e Paraguaios foi possível a realização da e prisão do autor do duplo feminicídio ocorrido em Ponta Porã-MS.

O homem foi preso na localidade de Chiriguelo e posteriormente levado para o setor de investigação da Polícia Nacional do Paraguai em Pedro Juan Caballero.

 

O CRIME

Antônio César Cavalheiro Soares era casado com a jovem Naila Vitória Rodrigues, 20 anos, com quem tinha um filho. De acordo com informações na época, a jovem foi agredida pelo marido devido a ciúmes em 01 de abril daquele ano, quando Naila resolveu deixar a casa onde morava e ir viver com a mãe,  Erika Rodrigues Salomão, 39 anos, que como toda mãe, deu apoio a sua filha.

 

Naila foi assassinada aos 20 anos e deixou um filho

Inconformado, o assassino foi até o Hospital Regional de Ponta Porã, onde Naila trabalhava e a executou com tiros de pistola 9mm. Logo depois, foi até um Supermercado da cidade, onde a sogra estava trabalhando, adentrou o local e matou Erika com tiro na cabeça, usando um revólver. Em nenhum momento o homem tentou esconder o rosto, simplesmente matou mãe e filha “de cara limpa”. Imagens de câmeras de segurança recuperadas pela polícia mostram o criminoso executando a ex-sogra no mercado. Na rua, onde matou Naila, também cometeu o crime na frente de testemunhas.

 

Erika estava trabalhando quando levou tiro na cabeça

A jovem Naila ainda denunciou o marido, sendo orientada pelos policiais a denunciar também na Polícia do Paraguai, ja que a violência tinha ocorrido naquele País. Não deu tempo. Naila foi covardemente assassinada aos 20 anos, juntamente com sua mãe, uma batalhadora, cuja vida lhe foi tirada dentro do seu estabelecimento de trabalho.

Agora, o que a sociedade fronteiriça espera é que a justiça seja feita já que a vida de Naila e Érika não tem como voltar.

 




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (67) 9 9997-1049

Visitas: 446395
Usuários Online: 102
Copyright (c) 2022 - Radio Laguna Carapa MS - Rua Gabriel Cabral, 697 Laguna Carapã MS - Direitos Reservados